fbpx

Composição na fotografia de flores

A composição tem por função selecionar e distribuir todos os elementos que serão fotografados de forma a conseguir passar uma mensagem para o nosso expectador, ou nas palavras de Donis A. Dontis, “a composição é o meio interpretativo de controlar a reinterpretação de uma mensagem visual por parte de quem a recebe”. Tomando então a fotografia como um código linguagem, um canal para transmitir uma mensagem, uma imagem bem composta deve conseguir transmitir ao receptor essa mensagem explicitamente ou ao menos dar pistas a cerca da intenção que a foto carrega, permitindo um resignificação.

Não podemos desconsiderar que as diferenças culturais são um fator determinante de como o expectador recebe e significa toda e qualquer mensagem, seja ela verbal ou visual. Assim, fotografias com uma carga subjetiva maior, tendem a serem significadas de formas diversas, até mesmo fugindo da ideia inicial do fotografo, o que não quer dizer que a imagem não esteja bem composta ou impassível de interpretação.

Dentre tantos elementos composicionais, podemos nos atentar a alguns que podem contribuir na diminuição dos ruídos interpretativos e nos alçar a um bom resultado final:

  • Assunto a ser abordado através da fotografia;
  • Escolha do equipamento a ser utilizado para seja possível um melhor aproveitamento da locação e exposição do sujeito na imagem e também para dar mais ênfase e porque não dizer, dramaticidade ao assunto;
  • Configuração do equipamento, trazendo a mesma abordagem da escolha do equipamento;
  • O tipo de luz á ser utilizado para chegar ao resultado final desejado;
  • Enquadramento, podendo este ser central, lateral, retangular vertical ou lateral, quadrado, panorâmico ou até mesmo o enquadramento holandês que consiste em inclinar levemente a câmera para aumentar a sensação de movimento;
  • Qual plano irá favorecer mais a composição, grande plano geral, plano geral, plano médio, primeiro plano ou plano de detalhe;
  • Utilizar cores ou preto e branco,
  • Pensar nas linhas, formas, padrões, repetições, escalas e texturas que irão compor a foto e em como elas favorecem ou não o resultado final da fotografia;
  • Foco que irá indicar o que está em destaque na imagem;
  • Ponto de vista ou perspectiva pela qual fotografamos, está irá imprimir maior sensação de poder ao sujeito quando de baixo para cima, diminuir a influencia do sujeito quando de cima para baixo ou até mesmo criar estabilidade quando no nível do horizonte, sendo a uma ultima uma posição de menor pressão psicológica e que não reforça uma emoção particular;
  • Pós-produção para cortar, incrementar e realçar alguns elementos da imagem, melhorando o resultado final.
  • Utilização de guias como a regra dos terços, retângulo de ouro, proporção áurea, o melhor é aquele que o fotografo sente-se mais a vontade para trabalhar.

Abaixo temos a exemplificação da utilização dos pontos citados, mostrando na fotografia de flores não só os acertos, mas também a má utilização da composição e como isso pode prejudicar o resultado final. Para a captura de todas as imagens foi utilizada uma câmera Sony A37 e lente Tamron 70-300mm, com o foco em 300mm na função macro. Com exceção da foto que traz a informação de tratamento, as demais sofreram apenas a transformação do RAW em JPEG e o crop.

Na foto acima, a flor é o sujeito da foto e foi fotografada em primeiro plano dando destaque para a flor e não para os demais planos, a intenção não era manter a cor original da flor que era tem um tom de vermelho e para isso foi utilizado o balanço de branco incandescente e luz dura para intensificar as cores. A imagem não tem a intenção de fazer crítica, ou significar um momento, apenas de mostrar a beleza, simplicidade e força da flor.

Este é o exemplo de uma fotografia que não funcionou muito bem, nós temos o contraste entre o fundo azul e o amarelo da flor, que também foi muito favorecido pela luz dura, a flor está bem posicionada traçando uma diagonal dentro da foto, porém como  a intenção era algo próximo a uma fotografia minimalista,  os elementos em segundo plano, embora desfocados, também contrastam com o plano de fundo o que causa poluição na fotografia e distração no expectador.

Nesta foto temos um enquadramento central do sujeito, que são as três flores, o balanço de branco utilizado no modo incandescente juntamente com a luz dura favoreceu o contraste de cores, principalmente entre o sujeito que está em primeiro e o plano de fundo, porém, embora não tenha a intenção do minimalismo, ainda assim temos elementos que distraem a visão. Está distração foi resolvida mudando o formato da foto de retangular para quadrado, como podemos ver na fotografia abaixo:

Nesta foto temos bem menos poluição e um contraste muito maior entre os planos.

Aqui temos uma foto que diferente das demais, além do corte sofreu mais modificações na pós-produção para tentar suavizar a falta de foco. A imagem tem uma boa composição, como a foto foi tirada de baixo para cima, a carinha da borboleta que olha do alto da flor traz a ideia de que ela é um gigante; há um bom contraste de cores, mesmo com a vibratilidade diminuída, e ainda assim fica evidente que há um problema de focagem na foto.

Como podemos observar, a composição fotográfica é uma fonte de assunto inesgotável, e além de discorrer sobre a teoria e mostrar um pouco da aplicação desta na prática, vale ressaltar que é importante conhecer a as regras, mas que também é possível quebrá-las desenvolvendo um olhar único, um estilo próprio, sem estar engessado pelo certo ou errado.

Virginia Maronese

Formada em Letras e em Fotografia pelo IIF, apaixonada pelas músicas de Luiz Tatit, literatura russa, Van Gogh, semiótica e girassóis. Quanto a fotografia, um caso de amor que se pretende eterno.

× Precisa de Ajuda?
Dicas Lightroom
Entre no nosso Grupo Whatsapp e receba 100 Dicas de Lightroom
Clique aqui para entrar
Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies
Este website utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao clicar em "Aceitar Cookies" ou continuar com a navegação está a consentir a sua utilização. Para saber mais sobre cookies ou para os desativar consulte a
Política de Privacidade.
Aceitar Cookies