fbpx

Fotografar e sobreviver durante eventos

Em algumas áreas da fotografia, como nas fotos de eventos, no caso shows, o espaço é precioso e disputá-lo é primordial, quase que uma atividade intrínseca. Fosso lotado ou a plateia pulando, dançando, seguranças, movimentação, iluminação desconhecida, fumaça, colegas que viram verdadeiros predadores famintos pelo melhor ângulo… Esses são alguns pontos de um dia que pode parecer sobretudo selvagem e ainda assim fantástico.

Roberto Carlos

Fosso é aquele corredor estreito em que os fotógrafos se matam. É a área destinada a imprensa, ou melhor, é onde o profissional estaciona, empurra, luta e executa seu trabalho. Em geral fica entre o palco e a plateia. Nem sempre há um local tão “confortável”, as vezes o trabalho é feito do meio da plateia mesmo, uma aventura a parte.

Scorpions |A distância entre o palco e a câmera e a foto final

Sair para um show é um mix de surpresas, pesquisar antes sobre a atração, o tipo de turnê e o local pode ser uma boa alternativa para facilitar o trabalho. Chegar cedo também é uma forma de tentar avaliar o lugar, dimensão, público, iluminação e pelo menos parte do esquema, mas saiba que nem sempre o acesso é liberado previamente.

Banda Cine | Show e desfile, o jeito foi encontrar um lugar na arquibancada

Muitas vezes as imagens são geradas em uma conturbação infinita, onde o fotógrafo tem a função de ser um tripé no meio de um terremoto repleto de rivais. Em um ambiente tão caótico nem o fotômetro será muito amigável, feeling e agilidade são mais do que apetecíveis.

Vanessa da Mata

Mas até então, se você leu o manual da sua câmera sabe que existe o “metering mode” ou modo de medição. Vale ressaltar que as nomenclaturas e as imagens variam de acordo com o tipo e marca de câmera, segue uma breve explicação sobre:

Evaluative/Matricial

É a medição ampla da área enquadrada, definindo a exposição em função da distribuição da luminosidade, cor, distância etc..

Spot/Localizado

Neste modo um círculo (+- 3,5 mm) é centrado no ponto de foco do enquadramento. Colabora para uma exposição harmônica mesmo quando há um grande contraste entre os planos.

Partial/Parcial

Semelhante ao Spot, essa forma abrange mais o parâmetro em torno do ponto central de focagem.

Center-Weighted Average/Medição central ponderada

O enquadramento total é medido, mas há uma maior ponderação à área central (em geral correspondente a um círculo de 8 mm (ou o ajustado de forma personalizada) do enquadramento.

Retirado do site da Canon

Só use o flash se você o dominar muito bem! Afinal, você pode estragar em segundos toda iluminação que foi cautelosamente estudada e elaborada especialmente para o show, além de ser extremamente incômodo para o fotografado ter mais de dez flashes piscando simultaneamente. Saiba qual é o limite de grão/ruído aceitável do ISO da sua máquina. Se você sabe utilizar os métodos de edição, ou deseja explorar, fotografe em RAW. Estude, devore o manual da sua máquina para saber aproveitar toda funcionalidade. Não seja frenético e evite ficar com o dedo grudado no disparador, pense antes de clicar.

Pitty | Priscila Novaes

Separe a câmera, filtros, objetivas, mas não esqueça o respeito

O colega ao lado pode ser um mero desconhecido, mas isso não dá o direito de atropelar, massacrar, passar na frente do clique e tentar o boicotar de todas as formas possíveis. Estão todos em busca do momento ideal, do resultado único, mas e a educação? Trabalho feito com ética tem mais prestígio, fato. Algumas medidas simples podem gerar menos conflitos:

O lugar: Todos querem o lugar perfeito, não é só você! Aqueles trinta fotógrafos que chegaram duas horas antes do espetáculo também querem. Chegar empurrando não é a solução, atrapalha e provavelmente criará uma imagem hostil e indesejada. Que tal aproveitar todo o seu profissionalismo e procurar um local inusitado? Não custa pedir espaço também, caso seja o único jeito. Enfim, respeite, faça sua imagem, mas deixe que os outros também tenham chance.

The Doors | Riders On The Storm

Movimentação: Registrar um show inteiro de um ângulo só não costuma ser tão produtivo. Vai passar na frente do colega? Então dê aquele famoso “toque” para ao menos avisar. É gentil e pode ser mais amigável do que estragar o registro.

Seja profissional: Se você escolheu fotografar o show e está credenciado para isso seja profissional. Em muitos eventos os fotógrafos até assinam termos de responsabilidade afirmando que não consumirão bebidas alcoólicas e terão uma conduta apropriada. A proximidade do palco leva alguns a loucura, deixando o lado fanático emergir de forma intensa. Se você quer curtir o show e mostrar toda a sua euforia compre um ingresso!

Interação: No fosso é válido interagir com os seguranças, a assessoria, produtores e se possível com os colegas, é conveniente e cria um clima favorável. Quando o registro compartilha espaço com a plateia é fundamental socializar, em muitos casos não dá para controlar a fúria de um fã que quer dançar e pular muito, berrando e derrubando os mais variados líquidos do teu lado, mas provavelmente serão tantos pedidos de desculpa que ele disponibilizará uma distância segura por entender e respeitar a finalidade da sua presença e do trabalho.

Depois de toda essa guerra tenha registros suficientes para expressar o quão compensou e ao analisar cada registro lembre-se de toda maratona que foi criar um universo tecnicamente perfeito para captar o motivo e abstrair toda confusão “profissional” a sua volta.

Vamos te mostrar os principais SEGREDOS PARA CRIAR ENSAIOS MARAVILHOSOS.
1º CONGRESSO NACIONAL FOTODG
Saber Mais ➜