fbpx

Como entrar no mercado de trabalho da fotografia esportiva

Em algumas oportunidades recebo e-mails me questionando como entrar no mercado de trabalho da fotografia esportiva. Trabalhar para jornais, agências, eventos esportivos, etc…

Independente do seu contratante, você terá de ter um portfólio, comece com eventos em seu bairro, eventos comunitários, futebol de várzea, pistas de skates em praças, treinos de atletismo em projetos comunitários, etc…

Nestes eventos e/ou treinos, não é necessário que você tenha credencial (que muitas vezes é necessário você estar vinculado a algum veículo de comunicação).

Fotografia-Esportiva

Em linhas gerais, você precisa ter o melhor equipamento para fazer fotos de esportes, eles facilitam, em muito, mas o que faz uma foto foto é o olhar do fotógrafo. Você também não precisa de uma tele-objetiva. Sim é possível fazer fotos de esportes com lentes grande angular.

Saiba quais são os equipamentos do Fotógrafo de esportes.

As teles são muito importantes para não precisar chegar perto do atleta, como em um campo de futebol em que o lance pode acontecer até 100m de você. Mas você pode ficar atrás do gol em uma cobrança de pênalti (muitos usam controles remoto em uma segunda câmera), pode fotografar a torcida, o banco de reservas; em uma corrida pode fazer contra-plongée. Assim como numa pista de skate você pode chegar bem perto quando o atleta pula na borda da piscina ou do halph pipe.

As oportunidades para a cobertura de eventos esportivos, podem ser para jornais (impressos, portais…), agências, promotoras de eventos esportivos, patrocinadores, atletas, assessorias de imprensa, etc…

Hoje em dia a maioria dos jornais também tem portais, porém se você for fotógrafo de um jornal, você não irá fazer a cobertura de apenas eventos esportivos, ainda mais se for novo no veículo. Mas você terá um salario fixo ao final do mês, geralmente baseado no piso da categoria (sindicato de jornalistas ou ARFOC – Ass. dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos).

Você pode fazer uma parceria com as agências de fotografias, que geralmente ficam um uma porcentagem do lavor cobrado pela foto (50/50%, algumas praticam 40% para agência e 60% para o fotógrafo). Mas você não tem nenhum valor fixo, se for um evento bom, você pode receber bem, mas se for um evento de pouco interesse, você corre o risco de não vender nenhuma foto e ter saído de casa “de graça”. Algumas agências pagam por saídas, mas são raras as ocasiões. Cuidado para não ir a um evento que tenha outro “colaborador da mesma agência”, ou um evento que tenha um fotógrafo oficial que faça foto para divulgação, pois a distribuição destas fotos são gratuitas, e muitos veículos usam estas fotos.

Cobertura-Esportiva

Para Divulgação (Promotoras de eventos esportivos, patrocinadores, assessorias de imprensa), você vai trabalhar juntamente com a organização do evento, dar ênfase aos patrocinadores para que nas fotos apareçam a marca deles. O trabalho será com um valor fixo, e juntamente com a assessoria de imprensa disponibilizará estas fotografias sem custo para a imprensa. Como as imagens são sem custo, os veículos usam bastante, e assim o patrocinador aparece nas fotografias que sairão nos veículos, sendo uma forma indireta de publicidade.

Para atletas e agremiações esportivas. Tanto um quando o outro gostam de fotografias, e são raros os registros em campeonatos e eventos de menor expressão. Entre em contato com o clube, a associação, ou o atleta e registre estes eventos. Para o clube é um registro histórico, e para o atleta seria uma recordação.