Home » Artigos » Dicas

O que é a FOTOMETRIA? 4.75/5 (32)

Você já imaginou chegar em uma obra e ver um pedreiro construindo uma parede sem usar o metro? Um açougueiro vender carnes a quilo sem usar a balança? Ou até mesmo um médico prescrever um remédio a um paciente hipertenso sem usar o Esfigmomanômetro (Aparelho para Medição de Pressão Arterial)?

Pois bem, é assim que eu penso, quando vejo um fotógrafo ignorando a FOTOMETRIA.

Não deveria, mas é muito comum encontrar fotógrafos com anos de profissão fotografando sem FOTOMETRAR. Mas, você sabe realmente para que serve e qual a importância do FOTÔMETRO?

 

FOTÔMETRO via shutterstock.com

Então vamos por partes…

O que é o FOTOMETRIA?

É a técnica usada para “MEDIR” a quantidade (ou intensidade) de luz em um ambiente. A “LUZ” é a principal matéria prima da fotografia, certo?

Positivo, então pra eu usar nem mais, nem menos e sim a quantidade certa dessa “LUZ”, eu preciso de uma ferramenta para medi-la, e isso, fará toda diferença em minha foto, aí que entra o famoso FOTÔMETRO.

Há um tempo atrás, na época da fotografia analógica, era mais comum usar um FOTÔMETRO de MÃO Fig.03, pois nem toda câmera tinham um FOTÔMETRO embutido. Hoje ainda eles são usados em alguns casos, porém agora, toda câmera profissional vêm incorporada um FOTÔMETRO, que facilitou bastante esse procedimento. figuras 01, 03 e 04.

visualização do fotômetro na câmera

O FOTÔMETRO tem uma escala de (-1-2-3… 0 +1+2+3…) para a leitura correta da luz o ponteiro ou “tracinho” precisa ficar no meio ou no 0 (zero). Observe na Figura 02,  é o que chamamos de “zerar o FOTÔMETRO”, o FOTÔMETRO zerado, será a quantidade correta de luz que atingirá o sensor da câmera, resultando assim em fotos tecnicamente corretas em FOTOMETRIA.

Como se faz a FOTOMETRIA?

Para fazer a FOTOMETRIA, a maneira que me trará o resultado esperando na minha fotografia, será no MODO MANUAL. Você precisa usar na sua câmera o trio ABERTURA DO DIAFRAGMA, ISO e VELOCIDADE DO OBTURADOR,  a primeira delas é a ABERTURA DO DIAFRAGMA, logo em seguida eu determino o ISO que será usado, por último e fundamental será a VELOCIDADE DO OBTURADOR que rolando o “DION” principal da câmera para a direita ou esquerda, o “tracinho” que fica abaixo da parte graduada do FOTÔMETRO (geralmente piscando) moverá para esquerda ou para direita também, assim que ele tiver em baixo do 0 (zero) será a exposição correta. (Fig.02)

Outros fatores devem ser considerados na hora de FOTOMETRAR, como por exemplo os MODOS DE MEDIÇÃO que mudam a leitura da luz completamente quando não usados corretamente, mas isso é um assunto para outro artigo. O correto é treinar bastante FOTOMETRIA pois é uma das partes mais importantes para se obter resultados que você busca em sua fotografia. Lembre-se, a ferramenta que eu preciso para medir a quantidade de luz na minha câmera é o FOTÔMETRO e não a que muitos fotógrafos tem usado por aí. O “CHUTÔMETRO”.

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Ótimo artigo!!! Só tenho a dizer que aprender sobre a fotometria e como utilizá-la abriu novos horizontes no mundo da fotografia pra mim e me permitiu explorar novas perspectivas fotográficas que eu sequer imaginava que existia!!!

  • Ronaldo Soares

    Caro autor do tópico, entendo que o objetivo do texto é uma introdução ao tema e que o iniciante entenda o que é o fotômetro, mas afirmar que o correto é o Fotômetro no Zero, é para mim o absurdo do absurdo após lermos um pouco sobre fotometria, talvez o conceito mais erroneamente difundido em fotografia.

    Realizar a fotometria em matricial ou ponderado ao centro e deixar o fotômetro centralizado é o que a câmera já faz sozinha em modo automático, e representa simplesmente uma forma de conseguir a imagem sem muito risco de estouros ou perda de detalhes nas sombras.

    Fotografar em modo M e centralizar o fotômetro é fotografar no automático com controle manual de ISO, Abertura e Velocidade…

    Abraços

    • Caro, Ronaldo Soares, obrigado por ter lido o artigo, reafirma a intenção do mesmo, que é mostrar a importância do uso do FOTÔMETRO e sua real finalidade quando incorporado a Câmera. Sobre a afirmaçao em que usar o FOTÔMETRO "zerado" no Modo Manual é o que a câmera faz no modo automático, não procede, pelo fato de que o Modo Manual é onde o Fotógrafo tem a autonomia ampla sobre as configurações, inclusive os modos de medição de acordo com o objetivo da foto, já no modo automático, a câmera decidirá o que dará prioridade, inclusive na "medição da luz", mas como pontuei, que; Existem outros fatores a serem considerados como, modos de medição por exemplo, me refiro a vários outros fatores, que serão assunto de outros artigos dando continuidade ao tema.
      fico muito feliz em ter o seu feedback,
      obrigado, um grande abraço!

  • RdeVicente

    Me corrija se estiver errado; Deixar o fotometro sempre no zero como indicou não seria o mesmo que tirar foto em modo automatico, porem configurando em modo manual? A camera não sabe o que é branco, preto, cinza medio… É preciso dizer qual a tonalidade das cores utilizando a técnica de compensação de exposição e não sempre fotometrar no zero. Para isto os modos automáticos com certeza serão mais rapidos para fotografar, minimizando o risco de perder a cena.

    • Bem observado, RdeVicente,
      Pode parecer que é a mesma coisa, mas existe grande diferença em fotometrar nos 2 modos. Claro, que existem vários outros fatores a serem considerados, além de "zerar" o FOTÔMETRO, como modos de medição e outros "macetes" como fazer a compensação, como mencionei no artigo, espero dar continuidade ao tema em outro artigo. Mas sempre o correto tecnicamente, será usar o FOTÔMETRO zerado como referência até mesmo quando usar compensação, pois ele medirá com precisão a quantidade da luz necessária para sua foto, desde que configurado corretamente.
      Obrigado, pela observação.
      Um grande abraço!

  • Fernando

    Legal a matéria. Hoje em dia não consigo fotografar sem o usar o fotômetro. Já cheguei a pensar que eu era errado. De ver muitos fotógrafos não utilizando.

    • Obrigado Fernando, a realidade é bem essa, é comum ver esse tipo de situação, mas espero, que o artigo possa despertar um interesse em mudar isso.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar