Home » Artigos » Dicas

Sou fotógrafo(a)! E agora?!

Um certo dia você se depara com a seguinte pergunta: “O que você faz?”.  Você pára por um instante e responde: Sou fotógrafo(a)!!!  Não sei com vocês…  Mas a primeira vez que eu disse de verdade que eu era fotógrafa me deu tanta emoção! Hoje eu encho a boca com todo o orgulho do mundo:  SOU FOTÓGRAFA! Mas o processo é lento.

O fotógrafo passa por várias fases. Começa amando todas as fotografias que faz, se acha e acha todos os seus click’s melhores do que os que vê por aí! Fica orgulhoso com tudo que faz e repete para si próprio que tem tudo pra dar certo, afinal, todos amam o seu trabalho.

Acontece que o tempo vai passando um pouco…  Você já se descreve como um fotógrafo profissional, afinal, já tem a fotografia como sua profissão… Já distribui cartõezinhos, já fez um site mais legal, recebe várias visitas e comentários no blog, orkut, já responde e-mails passando orçamento. Quando você, de repente, se depara com suas fotografias, elas já não têm mais aquele brilho que elas tinham anteriormente. Você já começa  a achar mil defeitos, começa a enjoar do seu site, não aguenta mais olhar pro teu cartãozinho… E acaba pensando em como é que alguém pode gostar daquilo que você faz??? Você pega e vai lá pro fundo do poço…

E de repente… Novamente… Você começa a gostar do que você faz! Vai gostando com mais cautela… Vai “cuidando onde pisa”. Gosta do que faz, mas, não se sente melhor do que ninguém! Nem pior!

E você já não pode mais “fugir”. A fotografia passa a ser o que você respira. Você estuda… Domina um pouco de técnica… Mas quando passa pro computador “falta” alguma coisa. É aí que entra o pós processamento. Não se iluda achando que pode melhorar uma fotografia ruim… Mas em boa fotografia, você pode valorizar, e muito, com a edição. Os programas mais usados para edições de imagens são o Photoshop e o Lightroom. Eu, particularmente, uso os 2, mas já visualizo todas as fotografias anteriormente no Lightroom. O que eu acho muito legal do Lightroom (alem de todo o mais) é poder trabalhar com as luzes apagadas. Faça um teste:  Com o Lightroom aberto, aperte o “L”uma vez e você terá as luzes meio apagadas… Aperte o “L” mais uma ves e terá todas as luzes do Lightroom apagadas, Eu acho sensacional…  E melhorar, pegue um fone de ouvido e EDITE TODAS AS FOTOGRAFIAS COM MÚSICA! Isso mesmo! Coloque músicas que transmitam algum sentimento para você  e verá  como muda a sensação! Você irá começar a dar mais emoção na própria edição. É legal também fazer um vídeo ou slideshow com música… Os clientes amam, sempre acontece uma lagrimazinha…. E aí a gente vê tudo o que vale a pena.

Fotografia de marioav.blogspot.com

E você: qual programa usa para editar suas fotos? Você as edita com músicas que transmitam sentimento? Quem quiser, comente um pouco !!! Vou ficar bem feliz.

Grade abraço! Nos vemos por aí! =]

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Carol Avon

Carol Avon tem 28 anos e é natural do Paraná, mas reside atualmente em Santa Catarina. Publicitária por formação, mãe por opção e fotógrafa por pura paixão. Atuação fotográfica em books externos, estúdio e eventos em geral.

22 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Olá Carol Avon, blz!

    Bom, parabéns pelos artigos até então vibrantes.

    O texto e o gráfico explicitaram muito bem a vida, sentimentos, evolução deste trabalhador, artista. Mas o título deste artigo foi um paradoxo para mim, explico, porque, logo me veio à mente a gramática: “Não se é ministro, se está ministro” (Gramática essencial ilustrada, Luiz Antonio Sacconi, 19.ª edição).

    Abraço, td d bom.

    Jorge Lemos

  • Editar ouvindo música eu sempre fiz, mas não é do tipo "que acalma ou relaxa" não… Pra mim, só rola Dubstep. Me dá alegria, ânimo, energia. Mesmo quando estou editando fotos de casamento ou de crianças.

    Programa, basicamente é o Lightroom em 90% do tempo, Photoshop só uso mesmo p/ corrigir alguma mancha de pele, machucado ou imperfeição, mas só mexo de forma sutil.

    HDR, bom, já cheguei nessa "vala", mas sinceramente HDR não é algo que eu use muito, ainda prefiro (e meus clientes tbm) as imagens "in natura". O HDR dá uma vida extra às fotos sobretudo com tempo nublado ou chuvoso, mas usar esse recurso em exagero acaba deixando o trabalho chato e artificial, mais com cara de pintura do que de foto…

    Fotografar com filme, essa é uma paixão minha, eu torro uma média de 3 a 5 filmes por mês, minha Nikon F100 e minha Canon Elan 7 podem ser consideradas minhas câmeras de uso pessoal, sou apaixonado por elas e principalmente, pelas belas imagens que elas têm me entregado até agora.

  • Edição com música é a melhor coisa, acalma e traz bons resultados. Sempre que vou clicar, eu estou pensando em alguma música, isso serve para 'retocar' a essência do sentimento, quando edito ouvindo a mesma música na qual estava pensando… Abraços.

  • Pra mim, que sou músico, editar e fotografar com música faz toda a diferença. Muito bom o texto. Parabéns!

  • Hehe é bm isso msm.. Eu particularmente comecei a pouco tmpo e só usava o modo automático da minha compacta dpois d uns vídeos, pesquisas e tudo e mais um dia d "aula" cm um fotografo profissional q mora aki perto d casa q viu minhas fotos no face e gostou e me chamou p umas aulas p ele ver cmo eu se saía cm uma DSLR daí eu ganhei mais paixão por fotografia e passei a usar o modo manual da minha compacta [Sony DSC-HX5] E tbm ñ sei nem p onde é q vai usar o photoshop hehe eu uso o Corel photo-paint ele é +/- dah p fazer umas coisinhas hehe.. Mas eu ñ me considero profissional, só sou mais um amador.. Tnho muito q aprender, axo q qndo eu ja tiver cm uma dslr e fazendo orçamento aí sim eu possa me considerar XD

  • muito bom o post…to me identificando mt com td que vc escreve.. =)

    abraços e continue escrevendo e compartilhando suas experiências.

    bom, eu só uso photoshop…sempre ouvindo musica tb…relaxa a gnte, sem duvida. to querendo começar a usar o lightroom…usei uma vez só e achei meio chatinho..mas não teve ngm me explicando o q era legal ,o q era melhor do q no PS… mas quero tentar de novo. ;)

    abç! Maressa

  • Nunca passei pela vala do HDR, minha frescura com equipamento foi bem passageira, e estou saindo da fase do pessimismo generalizado, rsrs… entendendo que é preciso se esforçar pra aprender a técnica e desenvolver o olhar, o resto é consequência.

  • Poxa, to bem no momento de quê minhas fotos não me agradam, to achando minhas edições um saco, utilizo o Lightroom 3.2 adoroo ele, porém do com mania de colocar aqueles presets já prontos e da uma alteradinha na luz, no black enfim, to correndo aqui na net atras de tutorias para uma boa edição com o Lightroom.

    Adoreiii o post, super sincero e realista.rsrs

    BeijoO

  • Pessoal, muito obrigada pelos comentários… :razz: Adoro!

    "Velho Bruxo"… o Artigo é justamente para profissionais que estão começando, afinal, profissional é quem usa a fotografia como sua profissão. Eu sou iniciante em fotografia e amoooo fotografar e ver uma fotografia bem feita. Sou publicitária por formação, e optei por viver de fotografia devido a minha paixão por ela. Então não enquadro sua resposta como uma "ânsia" em me (e nos) tornar profissional no sentido de ânsia de ganhar dinheiro. Pelo contrário, o dinheiro é consequência. Eu, acredito que como muitos, larguei tudo para viver de fotografia e, o faço por amor, tentando sempre melhorar. Cobro pelo simples fato de que, cobrando, consigo investir. ;-)

  • bom dia, descupe-me Carol mas eu não tenho esta ansia de ser profissional, claro que gostaria de ser um fotogrfo reconhecido e até famoso. Todo mundo gostaria, mas o que mais gosto é de fazer uma foto linda aquela que a gente olha e diz não precisa nanda, ja esta linda. Sou um velho e não uso nada para melhorar a foto. Gosto de fotografar por fotografar, sei que não sou bom, mas tento melhorar sempre. obrigado

  • Exatamente… meu inicio está praticamente descrito neste artigo… rsrs

    E em relação à música, pra quê melhor junção que essa?

    Além do mais, música é vida, e a vida está expressa nas imagens também!

    :)

  • Olá,

    Eu sempre que edito fotos ouço músicas, principalmente se for casamento, vou deixar algumas sugestões como Kenny G, Jason Mraz. E para outras fotos como de produtos, fotos de pessoas, paisagens e arquitetura ouço uma boa música sertaneja, um Jazz, vai variando.

    Como a Carol disse as músicas modificam o nosso emocional para edição das fotos, só não funciona fazer as fotos ouvindo músicas, comigo mesmo não funciona.

    Até mais!!

  • Nos meus grandes 19 anos de vida, a fotografia se tornou uma grande paixão… Ainda estou no estagio de reserva uma Canon profissional na facul não para fazer trabalhos relacionados a ela, mas para expandir meu conhecimento sobre fotografia …

    Interessante esse lance de emoção, isso que deve ser mostrado atraves de uma foto.

    bjs

  • Tudo o que você disse tem muito sentido, você soube definir bem as fazer do inicio da vida de um fotografo, e em relação à edição a dica dá musica já uso ela em todos os trabalhos, tanto na fotografia quando nos outros trabalhos e realmente o trabalho sai bem melhor.

    Belo post.

    Abraço.

Páginas Úteis

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar