Home » Artigos » Dicas

Fotografia Infantil: O bê-a-bá – Parte I 5/5 (8)

Olá amigos do Fotografia-DG. Meu nome é Huaíne Nunes, tenho 21 anos, sou fotógrafa infantil e agora escrevo para este maravilhoso blog de fotografia, que é o Fotografia-DG.

Meu primeiro artigo aqui vocês devem se lembrar, foi sobre Fotografias Noturnas. Na empolgação do momento, esqueci de apresentar-me. E esqueci também de agradecer ao Diogo Guerreiro, idealizador do blog, pela oportunidade.

Para me remidir com vocês, decidi então escrever sobre o que mais gosto: Fotografia Infantil.

Hoje pela manhã vi um artigo do fotógrafo Darren Rowse, no twitter de uma colega minha, que traz algumas dicas e truques para melhorar suas fotos de crianças. Não farei uma tradução, mas usaremos este texto como base.

Vamos seguir os passos dele e dividir em duas partes: configurações e o clique.

Fotografia de Jamie {74}

Configurações:

Algumas configurações na sua câmera podem ser feitas para melhorar o desempenho na fotografia infantil. São elas:

Prioridade de abertura: Gostei da dica do Darren, essa eu também uso muito.  Usar prioridade de abertura (e deixando a velocidade por conta do ‘cérebro’ da câmera) permitirá a você um controle criativo da profundidade de campo, que é um fator importantíssimo nos retratos. Se a sua câmera não tem essa função, você pode usar o modo pré-programado retrato, que deve funcionar.

Grades aberturas: Seguindo o racicínio anterior, sempre que mantiver uma grande abertura (acima de f/5.6) você terá um lindo fundo desfocado, que valorizará bem o seu modelo.

ISO: Dependendo do ambiente (interno ou externo), você o ajustará o menor ISO possível. Quanto mais alto o ISO, mais granulado ficará a imagem. Quando mais baixo, mais nítida sua foto ficará.

Obturador: Fique de olho na velocidade que você vai configurar. Tente manter pelo menos 1/200, diz o fotógrafo Rowse. Eu arriscaria dizer que depende da criança e da situação. Se for um bebê e estiver paradinho, não há porquê tanta velocidade. Se as crianças estiverem correndo lá fora, priorize a velocidade mais alta para congelar o movimento. Se ficar muito escuro, pode aumentar o ISO ou mexer na abertura. Outra dica boa do texto: Se sua câmera não possui esse controle de velocidade, procure usar o pré-programado ‘esportes’.

Focagem: Crianças são rápidas, isso é fato. Em fotografia infantil eu diria sem pensar duas vezes: esqueça o foco manual. Uma dica ótima no artigo do Darren é usar a focagem multiponto, onde você fixa o foco na criança e o ponto de focagem move-se com ela.

RAW: Aqui concordo com toda a citação. “Se você tiver tempo (e habilidade) para fazer algum trabalho de pós-produção de suas imagens mais tarde tentar fotografar em RAW. Isso lhe dará mais licenças para editar suas fotos mais tarde. Se você estiver sob a bomba de tempo e / ou não têm a capacidade de editar o seu trabalho – JPEG fará”.  Não se sinta pressionado a fotografar em RAW, mas podendo fazê-lo é um ótimo exercício e os resultados serão certamente muito melhores.

Flash/Luz: Aqui o fotógrafo Rowse comenta sobre usar ou não o flash. Ele diz que se você tiver uma unidade de flash externo e esteja fotografando em ambiente fechado, você pode usá-lo rebatido no teto ou em uma parede (brancos) para criar uma luz difusa. Vocês podem também usar um rebatedor de papel para criar este efeito. Caso não possua um flash, você pode procurar situações onde seja possível fazer bom uso da luz natural, como luz de janelas. Fotografando lá fora, com a luz do sol direta, você pode usar o flash ou um rebatedor branco grande para preencher a sombra e deixar toda a iluminação homogênea.

Lentes: Aqui é uma questão bastante pessoal. Concordo com o autor do texto sobre levar um pequeno conjunto de lentes para diferentes abordagens. Eu costumo usar duas lentes bem versáteis e uma luminosa, como o conjunto 18-55mm + 55-200mm + 50mm. Ele diz que costuma usar uma 70-300mm para fotografar à distância e ainda conseguir um bom retrato da criança. Gostaria de acrescentar ainda que a perspectiva da tele é muito bonita em retratos e dá uma impressão de diminuição de profundidade de campo que gosto bastante.

Bom amigos, esta é a parte que abrange as configurações da câmera. Na próxima postagem falaremos sobre o clique em si. Fiquem ligados.

[divider]

Leia agora mesmo a Parte II deste artigo: Fotografia Infantil: O bê-a-bá – Parte II

Agora que leu, avalie o artigo e deixe um comentário mais abaixo:

Gosta de algum dos artigos abaixo?

  • Gostei muito da explicação Huiane e parabéns por compartilhar. Pena ter encontrado este post somente agora, pois precisava muito quando comecei, mais aproveitei bastante, e agora Fotografia DG esta em meus favoritos.

  • jorge

    estou montando o meu negocio de fotografias e gostei muito das dicas

  • Lena

    De todos os artigos que li nesse site em poucas hrs foi o unico que não foi arrogante ao explicar algo.
    Alguns sao interessantes, mas nao consigo ler pelo fato de haver muita arrogancia com quem quer iniciar no mundo da fotografia. Todo mundo começa de algum lugar, e quem ja esta alguns anos na area q dao dicas nesse site querem mostrar que sabem de tudo e que os novatos são uns retardados que compraram uma camera e tao se achando. Sim, mtos se dizem fotografo apenas por tirar foto com foco automatico de um detalhe ou por ter uma camera, mas ler a cada minuto sobre o quanto os novatos nao sabem é irritante. é quase uma agressão.
    Como disseram em um dos artigos é importante cuidar da imagem, com o que posta nas redes sociais e algumas impressões são negativas, há muita opiniao pessoal em artigos que deveriam ser impessoais e imparciais..

  • rennerm

    como deve ser a configuracao da impressora (tam de papel é A4, etc) pq a figura ficou gigante???????

  • estradiol effects

    great tips! people are always look for quick easy ways to lose weight and they often miss out on common sense things that help a lot, great post.

  • Natália @Toledo_Naty

    estou me preparando pra começar meu trabalho com fotografia e adorei suas dicas!

  • Obrigada pelas dicas, Huaine. Gosto das suas fotos.
    Beijo!

  • Gostei! Espero ler mais coisas sobre o assunto, pois estou no momento, com uma excelente oportunidade de me posicionar fortemente no mercado e fazendo algo que é um privilégio para poucos: fotografar crianças.

    Parabéns pelo artigo, nos mande mais.

    Abraço!

    Att,

    Charles Oliveira

  • Stephanie Tôrres

    Muito bom seu artigo, Huaine!
    Vi na sua bio que temos muita coisa em comum na nossa trajetória. Me segue no twitter pra trocarmos idéias! @stephfotografia (o meu é trancado, então só consigo conversar com quem me segue :/)

  • Gracia Pastoriza

    Adorei Huaine, perfeito!!!!

  • Ola Huaine, belo artigo, de você sempre temos o melhor da fotografia, digo que a mim agregou bastante valor neste mundo maravilhoso que é a fotografia. Um abraço e mais uma vez obrigado por compartilhar as suas habilidades. Walter Torres

  • gustavo xingú

    Oi Huaine, fui fisgado pelo prazer de fotografar crianças e quando percebi tava dedicando todo tempo a estes pequeninos.

    Deixo aqui registrado que simpatizo muito com seu trabalho e sempre "usarei" seus cliques como inspiração e pesquisa.

  • Olá Huaine. Parabéns pelo artigo, apesar de simples (acredito que era o seu objetivo) foi bastante interessante, acredito que pra aqueles que estão começando foi de grande ajuda.

    Gosto de fotografar crianças, é bem prazeroso e normalmente é possível criar umas fotos bem legais. Tenho dois sobrinhos que sempre que possível 'alugo' eles para treinar.

    A minha dica pra quem quer se profissionalizar nessa área é aprender a 'conversar' com as crianças, a lidar com elas, pois da mesma maneira que é fácil conseguir um sorriso é muito fácil fazer com que a criança se feche e todo ensaio fotográfico vá por rio abaixo.

    Sempre quando vou fazer algum trabalho nessa área dedico os primeiros minutos pra conseguir a sua 'amizade' pra depois começar a fotografar, se estiver em algum parquinho brinque um pouco se não converse sobre assuntos que crianças gostam, como desenhos, video-game e outras coisas.

    Grande abraço. João.

Abrir Chat
1
Close chat
Olá! Obrigado por nos visitar. Por favor, pressione o botão Iniciar para conversar com o nosso suporte :)

Iniciar